The Best bookmaker bet365

Menu
A+ A A-

Programa Institucional de Bolsas de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE)

(NOVO) Resultado parcial da Seleção Interna PDSE/CAPES/2019

A Sub-Reitoria de Pós-Graduação, através do DCARH, divulga o resultado da seleção interna do Programa Institucional de Estágio no Exterior - PDSE, Edital 01/SR-2/2019.

 

Confira o resultado

 

**Nova retifica√ß√£o do Edital N¬ļ01/2019 da SR-2 (Edital N¬ļ01/SR-2/2019 ‚Äď Retifica√ß√£o 02)

**Retifica√ß√£o do Edital N¬ļ01/2019 da SR-2 (Edital N¬ļ01/SR-2/2019 - Retifica√ß√£o 01)

     O Programa Institucional de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE) é um programa da Capes que objetiva oferecer cotas institucionais de bolsas de estágio em pesquisa de doutorado no exterior, alinhadas com o Plano de Internacionalização da Instituição de Ensino Superior (IES).

 

     Cada programa de Pós-Graduação com Doutorado nota igual ou superior a 04 (quatro) na avaliação quadrienal do ano de 2017 da Capes e que não esteja participando do Programa Institucional de Internacionalização (Capes-Print), está inicialmente contemplado com uma cota de bolsa. Cada cota equivale a 12 (doze) mensalidades.

 

     A duração da bolsa é de, no mínimo, 06 (seis) meses e de, no máximo, 12 (doze) meses. Com isso, para cada cota será permitido o atendimento de 01 (um) ou de 02 (dois) bolsistas, considerando o período de concessão da(s) bolsa(s) em conformidade com as cotas disponíveis para o Programa.

 

Como participar:

 

¬†¬†¬†¬† As instru√ß√Ķes detalhadas constam no Edital Interno N¬ļ01/2019 para Sele√ß√£o de Doutorado Sandu√≠che no Exterior ‚Äď PDSE/Capes, conforme Edital N¬ļ41/2018 da Capes e seguindo as normas contidas na Portaria n¬ļ 289, de 28 de dezembro de 2018, da Capes.

 

  1. Os alunos de cursos de doutorado habilitados e que não participam do Capes-Print deverão participar da seleção prévia junto ao seu Programa de Pós-Graduação.
  2. A Coordenação do Programa de Pós-Graduação irá compor uma Comissão de Bolsas para análise das propostas e determinará os candidatos a serem recomendados, que estejam alinhados ao Plano de Internacionalização da UERJ.
  3. Todo candidato selecionado deverá inscrever-se no Sicapes, enviar os documentos necessários e entregar ao DCARH/PROPG, através de CI, toda a documentação detalhada para análise, assim como Anexos:
    Anexo I ‚Äď Procura√ß√£o;
    Anexo II ‚Äď Termo de Aprova√ß√£o e Responsabilidade;
    Anexo III ‚Äď Termo de Sele√ß√£o de Candidatura;
    Anexo IV ‚Äď Declara√ß√£o do bolsista
    .
  4. As candidaturas aptas ser√£o homologadas pelo DCARH/PROPG.
  5. Após o cumprimento de todos os requisitos do processo seletivo interno, da inscrição e homologação dos candidatos aprovados pela UERJ, caberá a Capes providenciar a emissão da Carta de Concessão e do Termo de Outorga.
  6. Ao receber a Carta de Concessão da bolsa e o Termo de Outorga, o bolsista deverá realizar todos os procedimentos para Implementação da bolsa.
  7. Terminado o processo de implementação da bolsa no Sistema, o bolsista deverá enviar o Termo de Compromisso assinado via plataforma Linha Direta (https://linhadireta.capes.gov.br), com no mínimo, 45 dias antes da data da viagem.

 

Cronograma

 

¬†¬†¬†¬† Cabe ao candidato e √† IES verificar os prazos dos tr√Ęmites internos da Capes e de outras provid√™ncias que devem ser adotadas antes da concess√£o da bolsa, para que a data de in√≠cio das atividades seja cumprida de acordo com o especificado na carta de concess√£o.

 

Requisitos do candidato

 

  1. Ser brasileiro(a) ou estrangeiro(a) com visto permanente no Brasil;
  2. Não possuir Título de doutor(a), quando da inscrição;
  3. Estar regularmente matriculado(a) em curso de doutorado da UERJ com nota igual ou superior a  04(quatro) na avaliação quadrienal da Capes de 2017;
  4. N√£o acumular bolsa no exterior ou outros aux√≠lios simultaneamente √† bolsa pleiteada junto a Capes, independentemente do tipo ou finalidade dos benef√≠cios preexistentes, devendo o (a) candidato(a) declarar recep√ß√£o de outras bolsas concedidas por √≥rg√£os o entidades da Administra√ß√£o P√ļblica federal, estadual ou municipal e, na ocasi√£o de aprova√ß√£o da bolsa, requerer a suspens√£o ou cancelamento do benef√≠cio preexistente, de modo que n√£o haja ac√ļmulo de benef√≠cios durante o per√≠odo de estudos no exterior;
  5. Não ter sido contemplado(a) com bolsa de Doutorado Sanduíche no Exterior neste ou em outro curso de doutorado realizado anteriormente;
  6. Não ultrapassar o período total do doutorado, de acordo com o prazo regulamentar do curso para defesa da tese, devendo o tempo de permanência no exterior ser previsto de modo a restarem, no mínimo, 06 (seis) meses no Brasil para a integralização de créditos e a defesa da tese;
  7. Ter integralizado o n√ļmero de cr√©ditos referentes ao programa de doutorado no Brasil que seja compat√≠vel com a perspectiva de conclus√£o do curso, em tempo h√°bil, ap√≥s a realiza√ß√£o das atividades no exterior;
  8. Ter obtido aprovação no exame de qualificação ou ter cursado, pelo menos, o primeiro ano do doutorado, com projeto de pesquisa aprovado durante este período, tendo como referência a data da inscrição no Sistema da Capes (Sicapes);
  9. Possuir a profici√™ncia ling√ľ√≠stica m√≠nima, conforme Edital N¬ļ41/2018 da Capes;
  10. Possuir o registro ORCID;
  11. Sendo aprovado no processo seletivo interno do Programa, realizar a inscrição online para posterior homologação pela Sub-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da UERJ, através do DCARH/PROPG;
  12. Todos os candidatos selecionados dever√£o se inscrever no Sicapes, incluindo os que estejam pleiteando cotas adicionais;
  13. No momento da inscrição o candidato deve enviar, através do Sicapes, os seguintes documentos:

- Cópia do RG ou visto permanente no Brasil;

- Carta de aceite definitiva da instituição no exterior;

- Dados do procurador no Brasil.

¬† ¬†¬† 14. A inscri√ß√£o no Sistema da Capes pressup√Ķe o conhecimento e a aceita√ß√£o pelo candidato aprovado do Regulamento de Bolsas Internacionais no Exterior da Capes, Portaria Capes n¬ļ 289, de 28 de dezembro de 2018, do Edital n¬ļ 41/2018/PDSE, do Edital 01/2019 e da Retifica√ß√£o 01 do Edital N¬ļ01/SR-2/2019, da SR-2¬†e Retifica√ß√£o¬†02¬†do Edital N¬ļ01/SR-2/2019.

 

Requisitos dos Programas de Pós-Graduação

  1. Promover entre os alunos, com o apoio e a autorização da Sub-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, ampla divulgação do Edital do PDSE;
  2. Realizar todos os processo de seleção interna dos alunos candidatos ao PDSE;
  3. Comunicar aos candidatos o resultado do processo da seleção interno do PPG;
  4. Garantir o recurso ao candidato que tiver sua candidatura indeferida pela comissão do PPG, de acordo com as regras previstas e detalhadas no edital de seleção interna do PPG.

Benefícios da bolsa

¬†¬†¬†¬† A bolsa para a modalidade de Doutorado Sandu√≠che no Exterior contempla os seguintes benef√≠cios: mensalidade, aux√≠lio deslocamento e instala√ß√£o, bem como seguro sa√ļde e adicional localidade, quando for o caso.

¬†¬†¬†¬† As bolsas e os benef√≠cios correspondentes ser√£o concedidos conforme Portaria Capes n¬ļ123, de 29 de maio de 2018.

     As passagens aéreas serão emitidas diretamente pela Capes.

The best bookmaker bet365.artbetting.co.uk